Existing Member?

pura vida AROUND the world Afinal de contas do que é feito a vida senao dos momentos que vivemos.........FUI VIVER A VIDA..... A PURA VIDA!

Bali & Lombok - Indonesia parte 2

INDONESIA | Thursday, 11 October 2007 | Views [3568]

Depois de 11 anos retorno novamente a Bali, ja de cara da’ para perceber que muitas coisas mudaram nesse tempo, em Legian Street (Kuta) as pequenas lojas que eram baguncadas e apenas com produtos locais viraram lojas de padrao internacional (tipo shopping center) com grandes marcas, o numero de hoteis, bares e restaurantes foi multiplicado por 10, lugares como o Tubes (melhor bar de Bali 11 anos atras) virou uma boate tipo occidental techno, tudo isso veio com o aumento do numero de turistas, uma consequencia quase inevitavel do processo de “evolucao” ( pra mim involucao). Outras coisas continuam as mesmas, tipo o trafego que parece ainda pior ou ate mesmo a insistencia dos vendedores, eles nao desistem nunca!!!! Assim que se sai do hotel ja te lancam 5 perguntas classicas: How are you today? Where are you from? Where are you going? Need transport? Want massage? Caso vc responda qualquer uma dessas perguntas pode ficar preparado para gastar 10-15 min de papo furado, no comeco e’ divertido depois de alguns dias vc nao aguenta mais, o pior e’ que eles sempre tem um sorriso no rosto dae fica dificil de ser grosso, vc acaba jogando com eles e dando risada tambem…..

            Agora se Nias estava crowd imaginem como estava Bali, com aeroporto internacional, recebendo voos diarios de todos os lugares do mundo, ou seja, tava proximo do limite, confesso que desanimou bem, inclusive ate pensei em sair fora da Indonesia e ir para Sri Lanka ( onde dizem ter ondas de qualidade semelhante, porem sem tanta gente, talvez por conta das guerrilhas e coisas do tipo). Com o tempo acabei aceitando a situacao e comecei a entrar no jogo, ou seja, ignorar o crowd e entrar na luta pelas ondas como todos na agua, e’ claro que ter que literalemente lutar pela onda nao e’ nada divertido, especialmente quando ta’ cheio de bons surfistas na agua, o surf e’ em cima do coral e muitas vezes fica bastante raso, com tudo isso a situacao fica complicada e ate’ perigosa, nao foram poucos que eu vi se ralarem feio no coral, felizmente eu tive apenas escoriacoes leves nas costas, e perna, nada que me tirasse da agua. Encarando o crowd de frente o surf comecou a fluir melhor a cada dia, para isso foi necessario ser mais agressivo e rabear tambem, pois que nao rabeia fica olhando…..

            Em meado de setembro chegou a galera do Body Surf, Pistilli vulgo Nasi Goreng e seu parceiro Kleiber vulgo Mie goring, eles vieram pra Indo em busca da onda perfeito para o surf de peito, mais tarde se juntaram ao grupo Alex da Califa e Scott do Hawai, acabei me juntanto ao grupo tambem  e ficamos rodando entre Bali e Lombok por 30 dias. Logo que chegaram aprontamos uma barca para Lombok, com outros malucos de Maceio, fomos para Desert Point, onde posso dizer rolou as melhores ondas de toda viagem, de fato Desert e’ um sonho pegamos 2 dias de ondas perfeitas de 6-8pes de uma esquerda extramamente longa, muito rasa (quanto mais seca a mare melhor ficava a condicao) e muito tubular, la’ tambem tinha crowd, e’ claro, mas foi possivel pegar boas ondas, e finalmente pegar tubos, por que ate entao tava so’ na vontade, pena que durou apenas 2 dias. No terceiro dia, ja’ sem ondas seguimos para o Sul de Lombok fomos para Kuta Lombok atras de ondas mas nao achamos nada especial, valeu para conhecer mas em termos de surf foi bem fraco, de la seguimos para as ilhas Gili, onde nao tem onda mas tinha festa e excelente snorkerlling, com direito a tubarao e muitas tartarugas, ficamos por la uns 3 dias de relax de retornamos para Bali atras das ondas. Ja’ na chegada em Bali fomos conhecer uma onda na costa Leste da ILha , a onda Keramas onde pegamos 6 pes de onda com apenas 3-4 pessoas na agua, verdadeiro milagre, mas que tambem durou apenas algumas horas ate o vento entrar forte. Seguimos para Kuta, onde ficamos uns 4 dias, por la surfamos Kuta Reef e Medewi que fica mais ao norte, depois mudamos de vez para Padang Padang, na verdade uma pousadinha entre Uluwatu e Padang, ou seja, diretamente no pico e por la ficamos ate o final, alias foi a melhor coisa que fiz,, pois ai sim comecei a pegar boas sessoes de surf, principalmente em Uluwatu, aos poucos o surf melhorou e os tubos comecaram a rolar com frequencia, mesmo que isso tenha sido nas ultimas semanas de toda viagem enfim foi possivel pegar ondas tipo Indonesia, com tubos, agua quente, visual alucinante mas infelizmente com outras dezenas de cabecas na agua.

            Entre um swell e outro aproveitamos para gastar alguns dias no centro norte de Bali, na regiao de Ubud (famosa pelos campos de arroz e centros de arte) quando entao pude subir o vulcao Agung, o maior de Bali com 3150mt de altura, foi uma subida e tanto, comecamos de madruga (1am) e chegamos ao cume antes do nascer do sol, fazia um frio da porra (pra mim abaixo de zero) por conta do vento forte, meus dedos nao funcionavam mais, nao conseguia nem amarrar o cadarco do tennis, mas valeu a pena demais o visual de toda ilha de Bali la de cima.

            Agora estou em Kuala Lumpur (Malasya) de onde sigo para as ilhas da Tailandia, dessa vez com objetivo de mergulhar onde for possivel. Apesar da incomodacao e desilusao com o crowd que encontrei na Indonesia foi bom ter voltado a esse pais muito doido, com tantas ondas maravilhosas e um surf realmente de sonho, foi um pouco triste descobrir que agora, e provavelmente no futuro, as praias e as ondas vao ficar cada vez mais cheias de gente, mas certamente ainda tem muitos outros picos ainda “virgens” para serem explorados. Aqueles que pensam em vir surfer na Indo venha preparado para dividir as suas ondas,, pois tem muita gente por aqui com o mesmo objetivo.

Tags: Adrenaline

Add your comments

(If you have a travel question, get your Answers here)

In order to avoid spam on these blogs, please enter the code you see in the image. Comments identified as spam will be deleted.


 

 

Travel Answers about Indonesia

Do you have a travel question? Ask other World Nomads.