Existing Member?

Só sei que o mundo vai de lá pra cá...andando por aqui, por acolá...

Eurotrip - parte 1

BRAZIL | Saturday, 11 December 2010 | Views [552]

Apos quase dois anos que completamos a viagem pela Europa, percebi que nao havia postado nada no blog. Resolvi entao compartilhar o resto dessa "aventura"... afinal, antes tarde do que nunca, certo??

Retomando o relatorio, a despedida em Samsum foi cheia de lagrimas, nunca pensei que veria minha host mae chorar. Foi muito emocionante.

O Jorge (brasileiro que conheci na Turquia e que ja havia completado um ano de intercambio) levamos 12 horas de trem ate Istambul. Chegamos as 8 horas da manha. Ficamos horas esperando o onibus que iria para Uskudar, onde ficariamos na casa de um "couch surfer". Cara super gente boa, inteligente.. nos ajudou um monte. Como o Jorge morou praticamente um ano na Turquia, tinhamos o desafio de levar 5 malas para um mochilao pela Europa. Ok. Qual o plano?

Nao conseguimos nenhum local para deixar as malas em Istambul (de onde nosso voo retornaria ao Brasil),o jeito foi levar as malas conosco ate a Alemanha, e deixa-las na casa de um amigo meu que mora em Munich.

Ate ai tudo bem, se nao fossem aproximadamente 40 horas de viagem com algumas paradas e trocas de trem...Acho que o pessoal que estava na mesma cabine do trem queria nos matar... era mala pra todo lado e pouco espaco para acomoda-las. Tivemos que mudar para outra cabine onde havia mais espaco, la encontramos um turco que havia tomado o trem errado e uma americana em torno de seus 40 anos, que torcia o nariz cada vez que a gente tentava ajeitar as "5 pequenas malas".

Depois de mais ou menos 15 horas de trem de Istambul para Bucareste, na Romania ( e nao Budapeste - na Hungria como haviamos imaginado), paramos pela segunda vez na Bulgaria, estacao de Gorna. Apenas 1 hora de parada, tentamos comprar agua, mas nao havia uma unica alma que falasse ingles. Perguntamos se o preco era em euros. "Is the price in Euros? E-U-R-O-S?, diziamos. "Uhum, sure! - respondia a mulher. "Where can we take some money from an ATM machine?" A mulher nos leva ate um caixa automatico com uma escrita toda estranha...

Ok... como o banco nos cobra uma taxa muito alta, vamos tirar uns 300 euros de uma so vez - pensamos.  Sem mesmo entender o que estava escrito na maquina, conseguimos sacar o valor, infelizmente de uma moeda que nunca haviamos visto na vida!

Esta era a ultima parada na Bulgaria e o banco mais proximo estava ha alguns bons quilometros de distancia., que maravilha! Pegar taxi, nem pensar... perderiamos o trem e complicaria ainda mais a nossa situacao.

Coisas de principiantes!

Fica a dica: boa nocoes de geografia sao imprescindives... saiba onde esta pisando! =)

-----

09/08/09

Em Bucareste paramos para mudar de trem. Um carregador de malas nos cobrou 15 euros para nos ajudar com a bagagem e fazer a proxima reserva. Conseguimos trocar os 300 por euros, apesar de um cambio super baixo.

Passamos mais um dia viajando e chegamos em Budapeste as 3 horas da tarde. Deixamos nossas bagagens em um deposito da estacao de trem. Apesar de nao ter locker, mesmo assim pagamos o olho da cara e nao teve mesmo conversa com a mulher.

Marcamos a passagem para o dia seguinte e saimos para "desbravar" a cidade.

Pegamos o metro e atravessamos a cidade. Na verdade Budapeste nao e grande, da pra conhecer tudo a pe em somente um dia. O Por do Sol no Rio Danubio e maravilhoso! Esse rio corta a cidade no meio, de um lado esta Buda e do outro lado esta Peste.

Buda e a parte mais historica, cheia de igrejas anticas, palacios de centenas de anos atras e pracas com monumentos.

No morro do castelo encontramos de tudo, menos o castelo! Ironia, nao?

Em Peste ha uma atmosfera mais urbana, cheia de lojas e bares, e o lado economico da cidade.

Existem varias pontes que ligam as duas cidades. A mais famosa delas e a Szechenyi, em cada extremidade ha dois leoes que simbolizam a uniao entre Buda e Peste.

O Parlamento da cidade fica em Peste, e uma contrucao super antiga e cheia de torres. Lindo durante a noite!

Caminhamos, caminhamos, e na volta para a estacao ainda conseguimos pagar a multa deliciosa de 30 euros por ter perdido o ticket to metro. Uns australianos que conhecemos na estacao tiveram que pagar 60 euros no metro, entao pode ser que ainda estejamos no lucro! Parece que eles fazem de tudo para tirar dinheiro de turista. Nao teve nem conversa!

Como tinhamos bastante tempo livre ate o dia seguinte, voltamos para o centro passando por varios bares e lojas de souvenirs. Um grupo de estrangeiros veio nos perguntar a respeito de uma festa ao ar livre. Nao sabiamos de nada mass.... acidentalmente, apos percorrer toda a orla do Danubio em Buda, adivinha o que encontramos? Uma movimentacao anormal de gente e uma cidade tao pacata... sim, era a tal festa! Deu pra se divertir mesmo em roupas de viagem e super cansados.

Voltamos para a estacao de trem ao amanhecer e pegamos o trem rumo a Munich..


-----


10/08/08

Passamos 5 dias em Munich, a cidade e maravilhosa! Cheia de ruazinhas de paralelepipedos, predios com arquitetura propria, bicicletas por toda parte, nao da vontade de ir embora!

Passeamos por varias pracas, palacios e alguns museus. Munich respira historia! Passamos por umma praca onde Adolf Hitler foi preso, visitamos o campo de concentracao de Dachaus, que serviu de modelo para todos os outros campos de "tortura" por assim dizer...foi o unico campo de concentracao a funcionar durante todo o periodo nazista. O local e realmente tenebroso, nao tem como descrever o quanto 'e incomodo estar em um lugar onde milhares de judeus (inclusive criancinhas) foram torturados e mortos sem escrupulos. Somente para quem tem estomago forte!

Munich 'e realmente uma cidade onde as coisas funcionam. Todos respeitam as leis, os alemaes sao extremamente educados e disciplinados. At'e mesmo as criancas sao bem mais comportadas que no Brasil.. impressionante! Os caes sao transportados nos trens com a maior naturalidade, nao ha latidos, bagunca ou sujeira... Munich tambem 'e uma cidade onde nao ha pobreza, nem roubo...

Uma coisa interessante 'e o parque chamado "Englisher Garten" onde varias pessoas tomam sol da maneira como vieram ao mundo (isso mesmo, sem pudor ou frescura...) Nesse parque tambem tem um rio que possui uma onda artificial (nao me pergunte como isso ocorre) e varias pessoas vao la para curtir um surf. A correnteza 'e super forte, inclusive tem algumas placas dizendo que o local 'e perigoso mas todo mundo surfa mesmo assim, as vezes chega a formar fila para surfar na tal onde.. mas ja vou avisando que nao 'e coisa para amador!

--------


15/08/08

Praga


Praga 'e uma cidade que da para conhecer praticamente tudo ( ou os pontos mais interessantes) em uma unica tade, a pe!

A cidade 'e repleta de contrucoes antigas, pracas, catedrais...'E dividida ao meio pelo rio Vltava e sua ponte mais famosa 'e a Charles Bridge, com torres em suas pontas, e aproximadamente 30 estatuas diferentes de santos em suas laterais. Infelizmente estavam reformando a ponte, entao nao deu pra ver muita coisa.

Por azar, choveu o dia todo. Nos molhamos da cabeca aos pes, nao deu pra tirar fotos muito legais, saia tudo escuro e cinza.

O castelo de Praga fica no topo de um morro e possui uma linda catedral. A vista la de cima 'e bem bonita, apesar da chuva.

Old Town Square 'e uma bela praca rodeada de casas e igrejas. Foi tombada como patrimonio cultural na Unesco em 1992.

--------

16/08/08

Berlin.

Chegamos em Berlin de madrugada. Saimos da estacao de trem bem cedinho, o melhor horario para visitar os monumentos sao cerca de 6 ou 7 da manha... nao h'a aquela multidao de turstas e vc pode tirar muitas fotos legais.

Em Berlin pudemos resgatar varios acontecimentos historicos, inclusive a respeito do muro de Berlin, que ainda esta presente em varios locais da cidade. Alguns pedacos do muro foram pintados, expostos por artistas como obras de arte. Ao contratio do que muitos pensam, o muro nao foi construido de tijolos e sim por estruturas de ferro com concreto por cima. Nao 'e muito espesso, por isso foi contruido da noite para o dia!

Passamos pelo portao de Bradenburgo (simbolo de Berlin), pela Postdamer Platz e no Tiergarten (maior area verde no centro da cidade) havistamos um outro "pelado" tomando sol na maior tranquilidade. Proximo as regioes dos parques, passamos pela coluna da Vitoria (Siegessaule) que simboliza a vitoria prussiana sobre os franceses em 1870 e resultou na unificacao alema. No topo da coluna h'a uma estatua de uma mulher, dizem que apontando na direcao da Franca.

-----


16/08/08

Amsterdam

'E uma cidade totalmente maluca mesmo.. os caras fumam tudo que encontram pela frente, alem dos tais cogumelos encantados.

Chegamos 'a noite, totalmente sem rumo. O locker da estacao ja havia fechado e s'o abriria as 7h da manha do dia seguinte. Nao conseguimos nenhum alberque, tentamos dormir na estacao mas nao deu muito certo, no meio da noite os segurancas nos acordaram dizendo que a estacao iria fechar. Pela rua so encontramos gente maluca, extremamente alterados, foi no minimo engracado! Voltamos para a estacao de trem, que reabriu as 5h da manha. Ficamos la matando tempo, cochilando sentados e a cada dois minutos sentindo umas batidinhas no ombro, eram os segurancas locais dizendo em um ingles macarronico que ali nao podia dormir...

Finalmente o locker abriu as 7h, conseguimos guardar as mochilas e saimos pela cidade. Tiramos algumas fotos de pracas, igrejas, canais. Amsterdam 'e super bonita, cheia de canais e pontes que cortam a cidade toda.

Em Amsterdam vc encontra de tudo, desde lojas de camisinhas (de todos os tipos, cores e formatos), vitrines com as famosas prostitutas ( que por sinal em Amsterdam 'e a mais antiga profissao e regularizada por lei, as putas at'e pagam aluguel da vitrines, imposto, etc.) e tambem h'a os cafes, onde vc encontra de tudo menos o cafe propriamente dito. 'E pra assustar quem nao esta acostumado!

------


17/08/08 - Bruxelas

Chegamos 'a noite em Bruxelas, quase de madrugada. Deixamos as mochilas na estacao de trem (que felizmente possuia lockers automaticos).

A cidade 'e pequena, super pacata e nao ha muito o que fazer, salvo algumas pracas, o parlamento, igrejas e o "menino mijao", uma fonte com a estatua de um menino fazendo xixi.

Na verdade, existem varias lendas sobre essa estatua, uma delas 'e que o pai havia deixado o filho no alto de uma arvore perto do local onde iria lutar. O menino comecou a fazer xixi do alto e mirar nos inimigos, que foram se afastando. No final, o seu pai saiu vitorioso da guerra... acredite se quiser! hehehe

-----

18/08/08 - Londres

Chegamos ao entardecer, ficamos em um hostel chamado "New Cross Inn", que ficava no anel 2 do metro, ate que nao foi absurdamente caro.

Londres 'e uma cidade perfeita, onde tudo funciona absolutamente bem. O transporte publico, a organizacao das filas, etc. 'E uma cidade que existe h'a mais de mil anos e que aprendeu com seus proprios erros, por fim desenvolveu um sistema de organizacao impecavel.

A cidade passou por inumeros incendios, guerras, pestes e foi quase que totalmente reconstruida varias vezes. Existem muitos monumentos que referem-se ao passado, muitos deles apresentam apenas uma parte da estrutura original. Sao castelos, igreja, predios antigos, pracas, etc.

Assistimos a troca de guarda no palacio real, visitamos o museu de cera de Madame Tussaud, passamos pela London Bridge, Picadilly (regiao mais rica e cara de Londres, onde um guarda chuva pode custar 200 pounds). Passamos pelo Parlamento, Big Ben, avistamos o rio Thames, que corta Londres ao meio (que por sinal 'e super poluido, sujo...).

Tiramos foto na Abbey Road e assinamos o muro em frente a gravadora dos Beatles. Fomos ao Castelo de Windsor, um dos unicos castelos ainda habitados, onde a Rainha passa alguns finais de semana durante o inverno. Quando a bandeira real esta hasteada, significa que ela esta em casa. O castelo 'e imenso, tem jardins maravilhosos e 'e repleto de joias, tudo muito luxuoso!

No ultimo dia fomos a Salisbury visitar o Stonehenge, tivemos que passar uma noite por la porque perdemos o ultimo trem para o Stonehenge. Na verdade fiquei um pouco desapontada com o monumento porque imaginei que as pedras fossem muito maiores, colossais... De fato, ainda sao grandes, pesam mais ou menos 50 toneladas cada e ninguem sabe ao certo como foram parar la em forma de circulo.


-----


Em breve mais....

Add your comments

(If you have a travel question, get your Answers here)

In order to avoid spam on these blogs, please enter the code you see in the image. Comments identified as spam will be deleted.


About lu_cristina

Vlsta do Päo de Açúcar - Rio de Janeiro

Follow Me

Where I've been

Photo Galleries

My trip journals



 

 

Travel Answers about Brazil

Do you have a travel question? Ask other World Nomads.